Login

Faça seu login e seja um usuário diferenciado.



cimento@cimento.org
Home Notícias A Queiroz Galvão construirá fábrica de cimento em São Luís-Ma.
A Queiroz Galvão construirá fábrica de cimento em São Luís-Ma. PDF Imprimir E-mail
Escrito por Isto é Dinheiro - Rafael FREIRE   
Seg, 23 de Abril de 2012 00:00

Parceria concreta

O grupo pernambucano Queiroz Galvão é um colosso que fatura R$ 7 bilhões e tem seus tentáculos espalhados por diversos setores da economia brasileira. Com mais de 50 empresas, ele atua nas áreas de construção, alimentos, óleo e gás, siderurgia e engenharia ambiental. Agora, a Queiroz Galvão, comandada pelo empresário Antônio Augusto Queiroz Galvão, se prepara para entrar na briga pelo mercado de cimento no Brasil, competindo diretamente com gigantes como a Votorantim e a Camargo Corrêa. A empresa se associou ao grupo pernambucano Cornélio Brennand – das áreas de energia e produção de vidros – para construir uma fábrica em São Luís, a capital do Maranhão, com capacidade de produzir 500 mil toneladas de cimento por ano.

As obras, segundo a Secretaria de Desenvolvimento do Maranhão, deverão começar ainda neste ano. Essa será a primeira de cinco unidades industriais que devem ser erguidas pela joint venture, cujo investimento pode chegar até R$ 1 bilhão, conforme apurou a DINHEIRO. A Queiroz Galvão não comenta sobre a nova fábrica. Procurada, não quis dar entrevista para esta reportagem. De acordo com fontes ligadas ao novo projeto, inicialmente a empresa atuará com foco nas regiões Nordeste e Norte. "Esses são os mercados que mais crescem no Brasil", diz Thais Virga, analista do setor de construção da Lafis Consultoria.

 

A Votorantim Cimentos está também construindo uma fábrica com capacidade de produzir 700 mil toneladas por ano em São Luís. A entrada da Queiroz Galvão na área de cimentos acontece em um momento em que o mercado está aquecido. Segundo dados do Sindicato Nacional da Indústria do Cimento, o consumo per capita de cimento aumentou 13% em 2010."É um mercado muito rentável", diz Thais. A concorrência deve também se acirrar. A Camargo Corrêa, por exemplo, fez uma oferta de R$ 2,5 bilhões, no fim de março, para assumir o controle da portuguesa Cimpor, valor rechaçado por ser considerado baixo. Se o negócio for concluído, a construtora passará para a segunda posição do ranking brasileiro, atrás apenas da Votorantim, que é responsável por 40% da produção nacional de cimentos.

 

Última atualização em Seg, 23 de Abril de 2012 17:58
 

Comentários  

 
+4 #10 Como enviar curriculumFábio Martins 02/07/2014 16:46
Boa tarde mi chamo Fábio sou técnico em edificações, e gostaria de saberok.ok.oko envio meu currículo e participo de seletivo, para mim ingressar nas respectivas empresas que iram realizar essa obra.
Citação
 
 
0 #9 oportunidadeSilas França 15/05/2014 16:51
Gostaria de vincularok.ok.ok a mesma meu currículo, tem algum Email que eu possa enviar e participar do processo.
Citação
 
 
0 #8 CurriculoMarlyane Rego 02/05/2014 17:02
Gostaria de enviar meu currículo

Aguardo retorno!

Marlyane Rego
Citação
 
 
0 #7 CurriculoMarlyane Rego 02/05/2014 16:46
Gostaria de enviar meu currículo para voçes

Aguardo retorno!

Marlyane Rego
Citação
 
 
+1 #6 curriculoromario ramos 03/04/2014 00:18
como faço para enviar um currículo pra vocês.
Citação
 
 
0 #5 curriculumjefferson cordeiro c 24/03/2014 21:01
Como enviar curriculum para Cimento Bravo
Citação
 
 
0 #4 curriculumvandeilson 23/03/2014 20:48
Meu nome e Vandeilson sou de sao Luis-ma mia profisao e de técnico químico, gostaria de saber enque lugar de são Luis vai ser realizado processo seletivo para nova fabrica de cimento eok.ok.oko Faso para fazer parte do processo seletivo da empresa.
Citação
 
 
0 #3 curriculunhildeberto 09/03/2014 13:32
como mando meu curriculun
Citação
 
 
+7 #2 como envia curriculunaldenir silva mendes 18/02/2014 17:22
bao tardeok.ok.oko faço pra enviar curriculun para a empresa cimento bravo.
Citação
 
 
0 #1 Novos Entrantes 11/07/2012 19:38
Colocar no relatório de novos entrantes no mercado N/NE.
Citação
 

Adicionar comentário

Para um comentário ser considerado relevante é preciso que tenha sido feito sobre o assunto correspondente ao artigo. Isso vale para dúvidas: só tiramos dúvidas por comentários se a questão levantada for referente ao tema/tutorial/assunto. Se deseja tratar de outros assuntos, como tirar dúvidas específicas ou levantar mais questões ou sugerir artigos – qualquer coisa que não está tratado no artigo em foco, faça isso usando nosso fale conosco.


Código de segurança
Atualizar